PT ES EN
Coritiba
Publicidade
Parceria
GettyImages
AFP

Coritiba

Coritiba Foot Ball Club

Confederação Brasileira de Futebol - CBF

Data de fundação: 12/10/1909

Apelidos: Coxa, Verdão, Alviverde do Alto da Glória

Cidade: Curitiba, PR

Site oficial: www.coritiba.com.br

História:

Em julho de 1909, Frederico "Fritz" Essenfelder chegava para mais uma reunião no Clube Ginástico Teuto-Brasileiro Turnverein, local onde os imigrantes e descendentes de alemães que residiam em Curitiba, se reuniam para a prática de esportes. Com uma bola de couro na mão, apresentou o objeto e explicou a sua utilidade e os principais fundamentos do futebol, que a partir de então seria praticado por ele e seus companheiros no Campo do Quartel da Força Pública. O convite para o primeiro jogo surgiu no dia 12 de outubro de 1909, data que é considerada a de fundação do Coritiba Foot Ball Club (primeiro clube de futebol do Paraná), que na época era chamado de Teuto-Brasileiro – a mudança de nome só seria oficializada em 1910.


Em 1915, o Coritiba estreia no campeonato paranaense e já no ano seguinte conquista seu primeiro título estadual de um total de 37 (até 2013) – o mais bem-sucedido clube na competição. Durante a final de 1941, Jofre Cabral e Silva, então torcedor e futuro presidente do Atlético/PR, pedia aos jogadores para “pegarem” o zagueiro do Coritiba Hans Breyer, nascido na Alemanha. Entre os xingamentos direcionadas ao alemão escutava-se “Coxa branca”. A ofensa passou a ser entoada pelas torcidas adversárias, já que a maioria dos jogadores do clube era imigrante e descendente germânicos. O apelido ganhava uma conotação ainda mais pejorativa devido ao período em questão, já que Brasil e Alemanha estavam em lados opostos na II Guerra Mundial. Breyer não suportou a situação e se desligou do clube em 1944, com 24 anos. Somente no final dos anos 60, a torcida do Coritiba incorporou a alcunha e passou a entoar gritos de Coxa Branca. Atualmente, torcedores e o clube são famosos pelo apelido.


Após colecionar uma série de bicampeonatos estaduais consecutivos, a torcida Coxa Branca pôde comemorar o hexacampeonato conquistado em 1976, façanha jamais alcançada por outros clubes na competição. Nove anos mais tarde, o Coritiba se tornaria o primeiro clube paranaense a ser Campeão Brasileiro da Série A. O título foi conquistado após vitórias nos pênaltis contra o Bangu.


No entanto, o alviverde viveu um período muito complicado a partir de 1989, quando foi rebaixado a 2ª divisão por ter entrado na Justiça Comum. O Coritiba amargou um período de dez anos sem títulos (1989-1999) e só conseguiu o acesso à elite nacional nos anos 2000. A partir de então, o clube fez boas campanhas como o 5º lugar no Campeonato Brasileiro de 2003, porém deixou a desejar em outras edições como em 2005 e 2009, quando novamente foi rebaixado à Série B.


Além dos títulos da divisão de acesso em 2007 e 2010, o Coxa Branca foi vice-campeão da Copa do Brasil em 2011 e 2012. Na temporada 2011, o Coritiba tornou-se “O Mais Vitorioso do Mundo”, ao conquistar 24 vitórias consecutivas, um recorde mundial na história do futebol. Foram 17 jogos pelo Campeonato Paranaense e sete pela Copa do Brasil. A partida que fechou a série foi a goleada de 6x0 sobre o Palmeiras, clube que detinha o recorde no país: 21 vitórias ininterruptas.


O Coritiba também é conhecido como alviverde pelas cores que adotou desde a sua fundação. O ”Home Kit” é composto por camisa branca com duas listras verdes na altura do peito, short preto e meiões brancos. Tradicionalmente, a camisa reserva é formada por listras verticais verdes e brancas. Já o escudo é constituído por um círculo que simboliza o globo terrestre, com desenho raiado que remete as calotas polares. Em torno do círculo está grafado o nome CORITIBA FOOT BALL CLUB, com a grafia PARANÁ no espaço inferior; No centro do globo, em posição de destaque, as iniciais CFC.

Veja também

Google+