PT ES EN
Fluminense
Publicidade
Parceria
GettyImages
AFP

Fluminense

Fluminense Football Club

Confederação Brasileira de Futebol - CBF

Data de fundação: 21/07/1902

Apelidos: Tricolor, Flu, Fluzão

Cidade: Rio de Janeiro, RJ

Site oficial: www.fluminense.com.br

História:

O Fluminense Football Club foi criado no dia 21 de julho de 1902 e tem como principal personagem de sua fundação, Oscar Alfredo Cox. Após concluir seus estudos na Suíça, o jovem retornou ao Brasil e encantado com o esporte que aprendera a gostar no país europeu, organizou no ano de 1901, partidas no Rio de Janeiro e posteriormente, em São Paulo. Animado com o sucesso das excursões, ele e outros 19 sócios fundaram o Fluminense, primeira associação carioca que prosperou fundada para a prática do futebol.


Prova desse pioneirismo, é que o clube se tornou o primeiro campeão estadual, em 1906. Com as conquistas nas três edições seguintes, tornou-se tetracampeão carioca, façanha só repetida pelo Botafogo nos anos 30. Depois do título de 1911, uma crise interna no Fluminense culminou com a saída de nove jogadores que ajudaram a criar uma seção de futebol no Clube de Regatas Flamengo. Até 2000, o Tricolor das Laranjeiras conquistou 28 estaduais que lhe renderam o título honorífico de Campeão Carioca do século XX. Até 2016, o Fluminense ainda se sagrou campeão do estadual em três oportunidades (2002, 2005 e 2012).


A Taça Olímpica de 1949:

No entanto, as conquistas do Tricolor extrapolam a esfera do Rio de Janeiro e mesmo, os gramados internacionais. Em 1949, o Comitê Olímpico Internacional concedeu ao clube, a Taça Olímpica (Taça de Honra), pelo fato de ser um modelo de organização desportiva para todo o mundo. O Fluminense é o único clube polidesportivo a receber a honraria, considerada a mais alta do desporto mundial. O título é, geralmente, direcionado a grupos ligados a organização dos Jogos Olímpicos, mas também já foi atribuído a clubes amadores, escolas, jornais desportivos e a administrações nacionais.

A concessão do título é feita pelo COI após rigoroso e detalhado exame dos dossiers apresentados pelos clubes candidatos. Para receber a honraria, o clube deve ser exemplo de organização administrativa e um vitorioso nos setores esportivos, sociais, artísticos e cívicos. Um complexo de perfeição durante um ano inteiro, e escolhido como o melhor dentre as demais instituições do mundo.

A Taça Olímpica (Coupe Olympique) foi instituída em 1906 por Pierre Frédy, barão de Coubertin, o criador dos Jogos Olímpicos da era moderna. Em 1919, a CBD (Confederação Brasileira de Desportos) empenhou-se numa campanha para sediar o 3º Campeonato Sul-Americano de Futebol, que seria o primeiro evento internacional desse esporte a ser realizado no Brasil, enfrentando porém, um problema inusitado: não existia no país um estádio onde os jogos pudessem ser realizados. O Fluminense, atendendo ao apelo dos dirigentes da CBD, assumiu o desafio e a responsabilidade de construir o Estádio das Laranjeiras, inaugurando-o na data prevista para o início do campeonato (11 a 29 de maio de 1919), possibilitando a realização de todos os jogos, que culminaram com a brilhante vitória da equipe brasileira sobre o Uruguai por 1x0, gol do lendário Arthur Friedenreich.

Pouco tempo depois do Sul-Americano, o Fluminense foi procurado pelos dirigentes das entidades esportivas nacionais que pretendiam promover, já em 1922, os Jogos Olímpicos Latino-Americanos, em comemoração ao primeiro centenário da Independência do Brasil, não tendo, porém, um local apropriado para a sua realização. O Clube carioca, mais uma vez, assumiu a incumbência de sediar e promover o evento, ampliando o Estádio das Laranjeiras, onde foram realizados os Jogos Olímpicos Latino-Americanos de 1922, na gestão do presidente Arnaldo Guinle, hoje patrono do clube. Participaram Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e México, além dos destacamentos das marinhas dos Estados Unidos, da Inglaterra e do Japão, que desfilaram na abertura.

Outra façanha internacional alcançada pelo Fluminense foi o título da Copa Rio de 1952, quando a população ainda lamentava a perda da Copa do Mundo FIFA de 1950, em pleno Maracanã. A competição é uma precursora do Mundial de Clubes da FIFA.

Em âmbito nacional, o Fluminense ganharia seu primeiro título em 1970. A segunda conquista do Campeonato Brasileiro viria em 1984, sob a regência de Romerito, meio-campista paraguaio. No entanto, o Fluminense viveu seus piores anos já na década seguinte, sendo rebaixado à 3ª divisão. A virada do século, pareceu dar nova vida ao Fluminense, que de volta a elite do futebol fez boas campanhas também na Copa do Brasil, sendo vice em 2005 e campeão em 2007. O título lhe rendeu a classificação para a Libertadores 2008, quando chegou à final sendo derrotado apenas na disputa de pênaltis para a LDU do Equador.

Em 2009, o famoso Time dos Guerreiros “desafiou” a matemática que apontava que o Tricolor tinha 99% de chances de novo rebaixamento, mas após uma ótima reta final, garantiu a permanência na Série A. De quebra, a equipe ainda chegou à final da Copa Sul-Americana, porém novamente foi vencida pelos equatorianos. Já em 2010, o Fluminense conquistou seu terceiro título do Campeonato Brasileiro. Assim como em 1984, um estrangeiro foi o principal destaque da conquista: o argentino Conca tem lugar cativo no coração da torcida ”pó de arroz” – a origem do apelido remete ao ano de 1914, quando o Fluminense contratou o jogador mestiço Carlos Alberto que atuou com o ingrediente espalhado pelo corpo para tentar pulverizar a cor da pele. Em 2012, o clube chegou a seu 4º título do campeonato nacional. Com uma campanha irretocável, o time que contava com o centroavante Fred e o goleiro Diego Cavalieri foi campeão com três rodadas de antecedência.

Hoje em dia, o Fluminense é conhecido como Tricolor ou Tricolor das Laranjeiras. No entanto, o primeiro uniforme do clube carioca foi cinza e branco. Devido à impossibilidade de conseguir tecido cinza, uma Assembleia Geral realizada em 1904 decidiu pelas cores atuais. Dessa maneira, os jogadores pó-de-arroz costumam atuar com camisas compostas por faixas verticais nas cores grená, verde e branca.

Veja também

Google+