PT ES EN
Palmeiras
Publicidade
Parceria
GettyImages
AFP

Palmeiras

Sociedade Esportiva Palmeiras

Confederação Brasileira de Futebol - CBF

Data de fundação: 26/08/1914

Apelidos: Verdão, Alviverde, Palestra

Cidade: São Paulo, SP

Site oficial: www.palmeiras.com.br

História:

Até 2013, o Palmeiras é o maior campeão do Brasil com 11 títulos da elite do futebol nacional. Foi fundado como Palestra Itália no dia 26 de agosto de 1914 por jovens ávidos em ter um clube que representasse a colônia italiana. O Consulado da Itália em São Paulo apoiou a criação do clube, já que seria uma plataforma para difundir a reunificação do país europeu para os imigrantes italianos que já haviam mudado para o Brasil e que não tinham conhecimento do fato. Em 1942, o clube foi obrigado a trocar de nome após a entrada do Brasil na II Guerra Mundial.

Em 1920, ainda sob a denominação de Palestra Itália, o Palmeiras conquistou o seu primeiro título estadual. O Verdão tem 22 títulos paulistas, o segundo maior vencedor da competição. Também é o mais bem-sucedido clube na disputa do Torneio Rio-São Paulo com cinco conquistas, ao lado de Santos e Corinthians.

Entre os títulos mais importantes da história do Palmeiras está a Copa Rio de 1951, após bater a Juventus na final. A competição é uma precursora do Mundial de Clubes da FIFA. Já nos anos 60 e 70, o Verdão ficou imortalizado como Academia pela excelência futebolística do clube comandado por Ademir da Guia. O meio-campista, também apelidado de “Divino”, liderou o clube paulista na conquista de cinco campeonatos nacionais (1967, 1967, 1969, 1972 e 1973 – antes o Palmeiras já havia vencido o Brasileiro de 1960).

No entanto, após o campeonato estadual de 1976, o Verdão amargou uma seca de 16 anos sem títulos. O jejum foi quebrado em 1993, um ano após o início da  "Era Parmalat". A parceria com a multinacional italiana permitiu a contratação de bons jogadores e culminou em um novo período de ouro para o Palmeiras, que se sagrou campeão do Torneio Rio-São Paulo, em 1993 e 2000; Paulista em 1993, 1994 e 1996; Brasileiro em 1993 e 1994; da Copa do Brasil e da Mercosul em 1998; coroado com o título da Libertadores em 1999; e Copa dos Campeões em 2000.

Com o fim da sociedade, os palmeirenses viram o clube mergulhar em uma terrível crise que resultou no rebaixamento à 2ª divisão em 2002. Com o título da Série B no ano seguinte, o Palmeiras voltou a elite do futebol nacional e desde então, faturou os títulos paulista de 2008 e da Copa do Brasil de 2012. Porém no mesmo ano em que conquistou o torneio nacional, foi rebaixado novamente da elite do Campeonato Brasileiro. Em 2013, foi campeão da Série B pela 2ª vez.

À época da fundação, ficou definido que as cores do uniforme do Palestra Itália seriam verde, branco e vermelho, em alusão à bandeira italiana. Em sua primeira partida, atuou com camisa verde com punhos e golas brancas e no peito, as letras “P” e “I” apareciam bordadas em branco e sobrepostas uma na outra. Os calções brancos e meias verdes, com uma faixa branca e outra vermelha, compunham os trajes dos futebolistas palestrinos naqueles anos.

Em 1916, o Palestra chegou a atuar de azul, homenagem à Seleção Italiana de Futebol com a Cruz de Savóia, que representava a Casa Real Italiana, em substituição as letras “P” e “I”. Dois anos mais tarde, o distintivo passou a ser um círculo, orlado de vermelho e dentro o antigo triângulo, em verde, com as letras "P" e "I". Esse escudo foi utilizado até 1942, quando foi obrigado a mudar de nome devido a II Guerra Mundial. Também por determinação do governo, o vermelho (associado a Itália) desapareceu de vez do escudo e uniforme, ficando apenas o verde e o branco, com a letra "P", de Palmeiras. Já as oito estrelas aludem ao oitavo mês do ano, quando foi fundado.

Veja também

Google+