PT ES EN
Corinthians
Publicidade
Parceria
GettyImages
AFP

Corinthians

Sport Club Corinthians Paulista

Confederação Brasileira de Futebol - CBF

Data de fundação: 01/09/1910

Apelidos: Timão, Coringão, Todo Poderoso

Cidade: São Paulo, SP

Site oficial: www.corinthians.com.br

História:

O Sport Club Corinthians Paulista foi criado no dia 1º de setembro de 1910, inspirado no clube inglês Corinthian Football Club, que na época excursionava pelo Brasil. Cinco operários do bairro paulistano Bom Retiro foram os fundadores do Timão, famoso por ser o ”time do povo”. A torcida corintiana é a segunda maior do Brasil (atrás apenas do Flamengo) e graças a força da FIEL, a consultoria BDO avaliou em 2012 a marca Corinthians como a mais valiosa entre todos os clubes do país, superando pela primeira vez a casa de R$ 1 bilhão.


Com apenas quatro anos de existência, o Timão conquistou o Campeonato Paulista de 1914. Até o final da década de 30, o Corinthians se sagraria campeão de outros dez campeonatos estaduais. No entanto, após o regional de 1941, o clube viveria seu primeiro jejum de títulos. Os troféus só voltariam ao Parque São Jorge no começo dos anos 50, com as conquistas dos Torneios Rio-São Paulo (1950, 1953 e 1954), dos campeonatos estaduais (1951/52 e 1954) e da Pequena Taça do Mundo (1953), o primeiro título internacional do clube. A partir de 1954, o Corinthians amargurou um período de 23 anos sem conquistar torneios oficiais – a exceção foi o Torneio Rio-São Paulo de 1966, dividido com Botafogo, Santos e Vasco. O jejum só foi interrompido no Campeonato Paulista de 1977, quando o Timão venceu a Ponte Preta por 1x0, gol de Basílio, no terceiro jogo da final.


"Democracia Corinthiana". Entre os anos de 1982 e 1984, o clube protagonizou o movimento mais ideológico da história do futebol brasileiro. Idealizado pelos jogadores Sócrates, Casagrande, Wladimir e Zenon previa que as decisões importantes, tais como contratações, demissões e regras da concentração seriam decididas pela maioria. O aspecto mais importante era que os votos dos jogadores, funcionários e presidente tinham o mesmo peso. Nesse período, o Timão estampava em suas camisas frases de cunho político, como "Dia 15 Vote", convidando os cidadãos a votarem na escolha dos governadores, gerando desconforto entre os militares que comandavam o país, e que chegaram a pedir moderação nas mensagens. Apesar das boas campanhas nos campeonatos brasileiros de 1982 e 1984, quando chegou às semifinais, o Corinthians só conquistaria um título nacional em 1990, justamente em cima de um dos seus maiores rivais, o São Paulo. Anos mais tarde, viveria sua época de ouro com as conquistas do Campeonato Brasileiro de 1998 e 1999 e do Mundial de Clubes da FIFA em 2000.


Em 2005, o Corinthians firmou parceria com o grupo de investidores MSI, que injetou recursos no clube, que comandado por Carlitos Tévez conquistou seu quarto campeonato nacional. No entanto, a sociedade se desgastou e com a saída da multinacional em 2007, o Timão viveu sua principal crise financeira e administrativa. O reflexo pôde ser observado dentro de campo, com o rebaixamento à 2ª divisão.


Com o título da Série B em 2008, o Corinthians iniciou a campanha para o Centenário em 2010, com a contratação de Ronaldo Fenômeno já no ano anterior, culminando com o segundo título do clube na Copa do Brasil – o 1º foi em 2002. No entanto, justamente no ano do Centenário, o Corinthians passou em branco em termos de troféus.


Em 2011, o Timão conquistou seu quinto Campeonato Brasileiro e de quebra garantiu nova classificação para a Libertadores. Vencer a competição sul-americana era um antigo sonho da FIEL, concretizado em 2012 e de forma invicta. No segundo jogo da final, Emerson Sheik marcou os dois gols da vitória sobre o Boca Juniors fazendo a alegria de milhões de torcedores corintianos espalhados pelo Brasil. Para completar a festa, no final do ano, o clube conquistou novamente o Mundial da FIFA, ao vencer o Al Ahly (EGY) na semifinal e o Chelsea (ENG) na final, ambos por 1x0, gols do peruano Paolo Guerrero. Em 2013, a torcida comemorou o título da Recopa Sul-Americana após duas vitórias sobre o arquirrival São Paulo.  


O ”Home Kit“ do Corinthians é composto por camisa e meiões brancos e short preto. Recentemente, o “Away Kit“ passou por uma grande transformação. As tradicionais listras brancas ”desapareceram” do uniforme reserva, que é basicamente preto. O que pouca gente sabe é que a primeira camisa do Corinthians era bege, em menção a cor do homônimo inglês que inspirou a criação do clube paulista. Entretanto, a falta de recursos impedia que o Timão atuasse com uniformes que não fossem brancos.

Veja também

Google+