PT ES EN
Criciúma
Publicidade
Parceria
GettyImages
AFP

Criciúma

Criciúma Esporte Clube

Confederação Brasileira de Futebol - CBF

Data de fundação: 13/05/1947

Apelidos: Tigrão, Tricolor Predestinado, Carvoeiro

Cidade:

Site oficial: www.criciumaec.com.br

História:

O Comerciário Esporte Clube foi fundado por um grupo de jovens da cidade de Criciúma, no Estado de Santa Catarina, em 13 de maio de 1947. O primeiro título estadual foi alcançado em 1968, quando venceu o Caxias Futebol Clube por 2x0, na terceira partida da final. No entanto, em 1970, o Comerciário que vivia uma crise financeira, fechou seu departamento de futebol profissional e só voltou a disputar o Campeonato Catarinense em 1977. Já no ano seguinte, a agremiação passou a se chamar Criciúma Esporte Clube.


Sob a nova denominação, o clube se sagrou campeão estadual em 1986 (o Marcílio Dias ficou com o vice-campeonato). Três anos depois, o Criciúma voltaria a ficar com o título catarinense e conquistaria o bicampeonato em 1990. Mas a era de ouro do Tigre estava reservada para a década seguinte. Nos anos 90, além dos quatro títulos estaduais, o Criciúma foi campeão da Copa do Brasil de 1991. O técnico Luiz Felipe Scolari liderou a equipe que eliminou tradicionais clubes como o Atlético – MG, Goiás, Remo e na final, o Grêmio. Na esfera nacional, o Tigre também venceu os Campeonatos da Série B e C, respectivamente em 2002 e 2006. Até 2014, soma 10 títulos do Campeonato Estadual.


Nos tempos de Comerciário, o clube utilizou o azul e branco como cores oficiais. Apesar da mudança de nome, as cores foram mantidas até 1984, quando passou a adotar o preto, o amarelo – que representam nessa ordem, o carvão (fonte de desenvolvimento da cidade de Criciúma) e a riqueza (da região sul de Santa Catarina), além do branco, muito comum nos clubes da região mineira.


O escudo também passou por grandes modificações ao longo do tempo. Do azul e branco do Comerciário, ao tricolor do Criciúma, algumas estrelas foram incorporadas ao distintivo. Primeiramente, quatro estrelas pretas faziam alusão ao títulos estaduais de 1986, 1989, 1990 e 1991. Após a conquista da Copa do Brasil, uma estrela amarela ganhou destaque entre as demais. Atualmente, o escudo carrega três estrelas amarelas que aludem às conquistas nacionais.

Veja também

Google+