Ligações perigosas

– E aí amor, quanto tá?
– Ai, onde que eu olho isso, Roberto?
– Aí, no canto superior esquerdo da TV, Márcia…
– Peraí, deixa eu procurar… calma… calma…. achei!
– Então fala!
– Oxo.
– Oxo?????
– É Roberto! Um “o”, um “xis” e outro “o”. Oxo.
– Zero a zero você quer dizer, né Márcia? (começando a ficar irritado).
– Ah, como é que ia saber disso. Ninguém mandou seu carro estragar na hora do jogo.
– Tá bom, tá bom, vai narrando aí pra mim.
– Você torce pra qual mesmo benzinho? Pros de preto e branco ou pros de amarelinho?
– Pros de preto e branco! (já irritado).
– Eles estão com a bola… um tocou pro outro… tocou de novo… porque ninguém quer ficar com a bola, Roberto?
– Depois te explico, continua aí pelo amor de Deus! (aflito).
– Tá bom! Onde que eu parei… deixa eu ver… ah! A bola ainda tá com aquele mocinho de preto e branco, ele já atravessou aquela parte do campo que tem uma bola enorme! Ele ainda tá com ela. ROBERTO! Você não sabe o que aconteceu!
– O que? Fala, fala! Foi gol?
– Não, eu descobri que as lojas do Shopping estão liquidando em 50%!
– Ahhhhhhhhhhhhh! Isso é hora de falar em liquidação? Pelo amor de Deus!
– Ih Roberto, como você tá nervoso! Só por causa de um jogo de futebol? Olha que eu desligo hein?
– Não, não! Depois a gente vai ao shopping. Continua narrando pra mim.
– Ta bom. Agora a bola tá com um de amarelinho. Nossa ele corre pra caramba! Aiiiiiiii!!!
– O que foi???
– O de preto e branco bateu nele. Tá uma confusão só! Ta todo mundo em volta do homem de pretinho. Quem é esse homem de pretinho, meu bem?
– É o juiz, Márcia.
– Ele tirou um negócio do bolso, parece um cartão.
– QUE COR?
– Vermelho.
– Puta que pariu! Expulsou.
– Roberto, a polícia entrou no campo! A polícia tem time de futebol também?
– Não, Márcia, não!
– Bateram no moço de pretinho! Coitado! Ele tá sozinho, não tem mais ninguém de pretinho pra ajudar ele. Ah, a polícia tá ajudando. Nossa! Mas estão batendo mesmo! Olha aquele cacetete, meu Deus do céu! O mocinho aqui da TV falou que nunca viu nada igual!
– Puta merda! Agora complicou tudo!
– Roberto, parece que a confusão acabou! O moço da TV falou que o juiz expulsou mais dois dos de preto e branco. Pra onde que eles vão?
– Ah Márcia sei lá! Você tá quase me matando do coração!
– Se você quiser eu paro.
– NÃO! Continua!
Tá. Nossa, tem pouquinha gente de preto e branco agora. Mas a bola tá com eles… isso… um tocou pro outro… tocou pro outro… ele tá correndo…já tá do outro lado do campo!!!! Vai chutar, vai chutar… Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!
– Gol? Foi gol??????
– Não, começou a novela! Tchau!

Categorias: OpiniãoPágina inicial

André Fidusi

Publicitário e jornalista por formação, ilustrador por vocação. Futebol na veia. Quem pede recebe, quem desloca tem preferência. Pegar de pé é dibra. Vamo que vamo!

Veja todos os posts de

Veja também:

  • Repensando o Futebol

    O principal objetivo da tecnologia durante o século XXI será humanizar o ser humano. Diante de todos os desafios atuais, tornou-se mais estratégico do que nunca assimilarmos as pistas que existem nos diversos cenários da sociedade para superar essa pandemia.

  • Dois pesos, duas medidas. Por que o Mundial de Clubes não é tão valorizado pelos europeus?

    Nas derrotas dos sul-americanos os jogadores se jogavam no chão em lágrimas, eram consolados pelo europeus, que nem comemoravam direito o feito: terem sido campeões mundiais de futebol.

  • Como Daniel Alves pode mudar o São Paulo?

    A relação entre o craque Daniel Alves e o gigante São Paulo Futebol Clube. A liderança e a grande carreira do lateral bicampeão olímpico serão inspiradores para os jogadores mais novos na segunda metade do Brasileirão?

  • Més Que Un Club

    O termo ou mesmo, o conceito de “Clube”, tornou-se um paradoxo no Século XXI. O que parece ser preciosismo agora pode se tornar determinante para as escolhas dos fãs e torcedores num futuro próximo.

  • POLÍTICA FC – FUTEBOL, CINEMA E HISTÓRIA

    A importância de inserirmos a política em todos os setores da sociedade, principalmente no esporte, que possui uma função de inclusão social fundamental na história da humanidade.

  • A Chave da Morte na Copa da Rússia

    As oitavas vão começar! No mata-mata o negócio é diferente, fica muito mais emocionante, ainda mais com a novidade dessa Copa: a "Chave da Morte"!