Top 5 Curiosidades da Copa do Mundo de 86

Mudança de sede. Imposição ditatorial. Na marca da cal. El Pibe de Oro. Azteca. Confira o Top 5 Curiosidades da Copa do Mundo de 86. Leia no Blog do Futbox, as histórias das Copas de 1930 a 1982.

 

1) Desistência

Em 1966, a Colômbia foi homologada como a sede da Copa de 86. Mas em setembro de 82, o presidente colombiano Belisário Betancurt anunciou a desistência de sediar o torneio por alegar insuperáveis dificuldades econômicas e sociais.

No ano seguinte, a Fifa anunciou o México como nova sede (o 1º país a sediar duas edições: a outra foi em 1970). Em 1985, dois terremotos atingiram o país, mesmo assim o Mundial estava confirmado para o território mexicano.

 

2) Mohammed Hussein

Em sua única participação em Copas do Mundo, o Iraque fez um papelão. Não bastasse perder seus três jogos, uma decisão política pesou na escalação do time no jogo de estreia contra o Paraguai. O técnico brasileiro Evaristo de Macedo foi obrigado a escalar o atacante Mohammed Hussein, parente distante do ditador Sadam. O desempenho do “protegido” foi pífio e os paraguaios venceram a partida por 1×0.

 

3) Equilíbrio

As partidas das quartas-de-final mostraram o equilíbrio da Copa do Mundo de 86. Dos quatro confrontos, três foram decididos nas penalidades. Espanha x Bélgica*; Alemanha Ocidental* x México; e Brasil x França*.

*classificados

 

4) Diós Maradona

O único jogo das quartas definido no tempo normal foi entre Argentina e Inglaterra. Os sul-americanos venceram por 2×1 com dois gols antológicos de Maradona. No primeiro, o camisa 10 usou a mão (“La Mano de Diós”, nas palavras do craque) para antecipar o goleiro inglês Peter Shilton e tocar a bola para o fundo das redes. No segundo, “El Pibe de Oro” recebeu a bola no campo de defesa, deixou para trás toda a zaga adversário, inclusive Shilton e fez 2×0 para a Argentina. Foi considerado pela FIFA, como o “El Gol del Siglo”.

Confira a animação stop motion do Gol do Século.

 

5) Azteca

29 de junho, Argentina 3×2 Alemanha Ocidental. A final da Copa do Mundo de 86 foi disputada no Estádio Azteca, o mesmo que viu o Brasil bater a Itália por 4×1 na decisão de 1970. Foi o 19º jogo de Copas no principal palco do futebol mexicano, um recorde absoluto na história da competição.

 

Fonte: O mundo das Copas, de Lycio Vellozo Ribas

Categorias: Opinião / SeleçõesPágina inicial

Gabriel Godoy

Jornalista; frustrou-se na tentativa de ser um jogador profissional; peladeiro; apaixonado por futebol de campo, de rua, de botão, de vídeo-game...

Veja todos os posts de

Veja também:

  • TEXTOS ANTIGOS DE UMA VELHA COPA

    Muitas vezes nos deparamos com textos, fotos ou objetos antigos que estavam esquecidos em nossa memória, mas tiveram um papel importante em nossas vidas.

  • AS NOVAS DEMARCAÇÕES DO CAMPO DE FUTEBOL

    Mais gols, mais emoção e menos erros de arbitragem! Conheça as novas demarcações do campo de futebol. Comente e divulgue a sua opinião!

  • Top 5 Curiosidades das Copas: 1974, 78 e 82

    Atentado terrorista. Adidas com duas listras. Carrossel Holandês encanta o mundo. Craques dizem "não" a Copa. Gol 1000. Time amador entra para a história dos mundiais. Mais seleções! Redução de pena e conquista da taça. Top 5 Curiosidades das Copas!

  • Infográfico – Copa de 90

    A história ilustrada da Copa do Mundo de 90. Faça o download do infográfico em alta resolução. É gratuito!

  • OFICIAL É A PAIXÃO

    Baixe o escudo do Brasil e personalize a sua camisa! Aproveite a Copa. Curta a seleção, ela é de todos. Vibre com o futebol junto dos amigos, dos namorados e da família. Compartilhe fotos e seus momentos de alegria nessa Copa com a hashtag #OficialéaPaixão.

  • POLÍTICA FC – FUTEBOL, CINEMA E HISTÓRIA

    Sai Copa entra Copa e o Brasil continua sua batalha fora das quatro linhas. Diante de toda a efervescência em que o Brasil se encontra, resgatamos tres histórias sobre futebol e política. Todas disponíveis para assisitir online!