Muricy Ramalho Facts

Após a vitória do São Paulo sobre o CSA pela Copa do Brasil, Muricy Ramalho concedeu uma entrevista coletiva e garantiu que quando era jogador era 10 x melhor que Pato, Osvaldo, Ganso e Luiz Fabiano. Confira o vídeo e leia as 20 verdades sobre Muricy Ramalho. #muricyfacts

 

As 20 verdades de Muricy Ramalho nos tempos de jogador. #muricyfacts

 

1 – Muricy Ramalho era tão bom que em sua época não era preciso que a Fifa escolhesse o melhor jogador do mundo.

2 – Muricy Ramalho nunca foi convocado pela seleção brasileira. A seleção brasileira nunca ganhou uma Copa do Mundo enquanto Muricy era jogador profissional (1973-85).

3 – Muricy Ramalho foi promovido aos profissionais do São Paulo em 1973. Pelé foi jogar nos Estados Unidos em 1974. Pelé não queria ser o 2º melhor jogador em atividade no Brasil.

4 – Muricy Ramalho nunca errou um passe.

5 – Muricy Ramalho nunca errou um gol.

6 – Muricy Ramalho nunca errou.

7 – Muricy Ramalho não gostava de driblar. Uma vez ele driblou todo o time adversário e aí inventaram o futebol de cadeira de rodas.

8 – Allejo era o pseudônimo de Muricy Ramalho no SuperStar Soccer

9 – A Holanda de 1974 foi inspirada em Muricy Ramalho. 11 jogadores se revezavam em campo tentando repetir as funções do jogador brasileiro. Tentando.

10 – Muricy Ramalho bateu um escanteio e fez o gol. Foi o milésimo gol de cabeça da história do jogador.

11 – Muricy Ramalho parou de contar seus gols quando os números não mais cabiam na calculadora.

12 – Beckenbauer já desarmou Muricy Ramalho. Nos sonhos.

13 – Muricy Ramalho estava improvisado no gol. Nelinho foi bater um pênalti, soltou a bomba. Muricy dominou no peito e de primeira encobriu o goleiro adversário. Foi o seu sétimo gol de bicicleta naquela partida.

14 – Pelé falou que ele foi o melhor jogador da história do futebol. Romário falou que Pelé calado é um poeta. Todo mundo concorda com o Baixinho.

15 – Zico colocava uma camisa no ângulo das traves para treinar as cobranças de falta. Muricy Ramalho colocava um anel.

16 – A Muralha da China pode ser vista do espaço com a ajuda de instrumentos óticos. A galeria de troféus de Muricy Ramalho pode ser vista do espaço a olho nu.

17 – Nos anos 70 e 80, dirigentes de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco apostaram nas vitórias de seus clubes contra o São Paulo de Muricy Ramalho. Desde então, o futebol carioca está mergulhado em uma terrível crise financeira.

18 – O fantasy game Cartola FC só foi inventado depois que Muricy Ramalho pendurou as chuteiras. Os desenvolvedores do jogo não encontraram um script que permitisse que um mesmo jogador fizesse mais de 1.000 pontos em uma mesma partida.

19 – Muricy Ramalho decidiu pendurar as chuteiras quando um grupo de jogadores adversários se dirigiu até ele e pediu: “Senhor, Tende Piedade de Nós”.

20 – Depois da aposentadoria, Muricy Ramalho resolveu jogar mais uma única partida. Na ocasião, entrou com a máscara e a camisa de Rogério Ceni na final do Mundial Interclubes de 2005.

Categorias: OpiniãoPágina inicial

Gabriel Godoy

Jornalista; frustrou-se na tentativa de ser um jogador profissional; peladeiro; apaixonado por futebol de campo, de rua, de botão, de vídeo-game...

Veja todos os posts de

Veja também:

  • Repensando o Futebol

    O principal objetivo da tecnologia durante o século XXI será humanizar o ser humano. Diante de todos os desafios atuais, tornou-se mais estratégico do que nunca assimilarmos as pistas que existem nos diversos cenários da sociedade para superar essa pandemia.

  • Futebol Para Todos

    "Rico vai ao estádio. Pobre assiste ao futebol na TV". Além de ser uma miopia social, essa afirmação é uma ingratidão gigantesca. #FutebolParaTodos

  • Ouro de Tolo

    A polêmica decisão da CBF no pódio olímpico na Tóquio 2020. A expressão “ouro de tolo” era utilizada na idade media para representar as pessoas que compravam ouro de falsos alquimistas e que na verdade eram pedras sem valor, pintadas de dourado.

  • Como Daniel Alves pode mudar o São Paulo?

    A relação entre o craque Daniel Alves e o gigante São Paulo Futebol Clube. A liderança e a grande carreira do lateral bicampeão olímpico serão inspiradores para os jogadores mais novos na segunda metade do Brasileirão?

  • Varsóvia, 1939: a última partida

    Durante seis anos, entre 1939 e 1945, cada partida de futebol poderia ser a última. E para muitos foi. A história da "Última Partida" em solo polonês antes da II Guerra Mundial.

  • Golaço: Conheça a história do gol mais bonito marcado por Pelé. E que não foi filmado!

    No dia 2 de agosto de 1959 o Rei Pelé marcava aquele que seria considerado pelo próprio, como “o gol mais bonito de sua carreira”, na vitória do Peixe por 4 a 0, diante do Juventus-SP, na famosa Rua Javari.